Hoje, dia 13, faz exatamente 1 mês que eu estou trabalhando aqui em Aderzhofen. Desde o dia que eu saí da minha casa no interior do RS, muita coisa mudou e aos poucos eu começo a me orgulhar de tudo o que eu estou fazendo por mim. Muitos tratam minha vinda para cá como uma simples tentativa de não ficar longe da minha mãe, mas será que esses já se perguntaram se ser Aupair não era o que eu queria mesmo?

Eu sempre pensei que o fato de eu estar aqui com essa idade não me faria ter a consideração de ninguém. Na minha cabeça eu só era a brasileira que não consegue se comunicar direito e que cuida das crianças, mas o que eu ando escutando por aqui é bem o contrário. Mania chata que nós temos de pensar sempre mais negativo do que o necessário, não é?

Uma mulher veio conversar comigo enquanto eu estava no pátio com as crianças, pediu minha idade e disse bem assim: “Bruna, como tu é corajosa! Com 18 anos e tão longe assim de casa… Meus filhos não teriam toda essa força de vontade que tu tem!”. Foi ótimo poder ouvir aquilo de uma mulher como aquela, que já viveu muito da vida e sabe como as coisas são realmente.

De um tempo para cá, notei que cada vez menos pessoas vem conversar comigo em redes sociais. Acho que já se acostumaram com minha ausência, mas a motivação eu não preciso saber. É como aquele caso da árvore que precisa ter os galhos velhos e fracos podados, para aparecerem outros galhos mais fortes. Assim funciona com as amizades também. Agora conheci muitas pessoas com quem eu posso contar aqui, então tudo vai indo, um passinho de cada vez sempre para a frente.

Já prolonguei meu visto e me inscrevi em um curso de alemão. Estou vendo que minha estadia aqui vai ser muito proveitosa, já estou ansiosa pelo meu teste!

Para vocês, quero mostrar a foto que faz minha saudade ser mais “aturável” todos os dias!

10695103_876948518984536_1452118214_n

E a questão que não quer calar: Só para mim que esse mês passou voando?

Anúncios