Vim aqui para assumir minha culpa, sim, assumir mesmo.

10347243_828114063867982_7413615028151234251_n

Desde pequena, como eu convivia muito com minha vó, foi ela que me ensinou certas coisas. Agora que as regras dela viraram costume, está difícil se adaptar as novas regras daqui. Se você nunca veio para a Alemanha ou não ouvir falar dos costumes daqui, não se assuste!

1- Quando eu comecei a ir no banheiro sozinha, a vó sempre falava “Joga o papel no lixo, não no vaso… o vaso entope se tu jogar papel dentro”.

Ok, isso era o certo no Brasil, mas aqui o normal é jogar tudo no vaso e dar descarga. Os banheiros não tem lixo. Isso é frustrante no começo.

2- “Bruna, recolhe o lixo e coloca na rua”.

Outra questão que é diferente, aqui simplesmente as pessoas reciclam quase tudo. Lixo LIXO mesmo, são só os restos de comida e as fraldas sujas, pois papel e plástico é tudo separado. E tudo vai na rua em tonéis de cores diferentes, e cada dia tem sua cor.

3- “Não joga a garrafa nova de água fora, enche de novo e coloca na geladeira”.

Se engana quem pensa que aqui garrafas são jogadas fora… As famílias levam elas de volta ao mercado e ganham alguns centavos por elas. Normalmente se ganha perto de 3 euros se você levar um cesto ou sacola, cheios.

4- “Abre a janela e deixa o sol entrar em casa, mas fecha o vidro pra não ficar frio.”

Isso é o que mais foi difícil pra mim, sem mentira nenhuma. Como aqui meu quarto fica no porão, sempre está um pouco mais frio do que o resto da casa. Ok, não seria problema se eu não precisasse abrir as janelas do meu quarto o dia todo. Assim entra aquele vento gelado e de noite aqui parece uma daquelas casinhas de esquimó. Quando eu fecho demais, a patroa comenta que eu tenho que abrir pelo menos 3 vezes por dia.

5- “Tu quer um pedaço de linguiça no café da manhã ? Ou presunto? Ou queijo? Uma torrada? Torresmo?”.

Saudades! Aqui no café da manhã só se come coisas doces e na janta só salgado. São raras as excessoes.

6- “Tu tá doente Bruna? Por que tu tá tomando água com gás?”.

Engraçado, em casa eu só tomava água com gás quando estava mal do estômago, mas aqui a realidade não é a mesma. Nunca vi um povo que gosta mais de água com gás que aqui, até eu acostumar com o gosto e sentir vontade de tomar água durante o dia foi horrível.

7- “Fiz um café pra ti, coloquei açúcar por que eu sei que tu gosta”.

Imaginem minha cara quando eu cheguei aqui falando que gostava de café com açúcar: até riram disso. Uma péssima notícia para os que amam doces, aqui eles não são fãs 😦

8- “Tá chovendo Bruna, fica aqui dentro de casa”.

Não sei o que tem de especial sair na chuva, mas aqui é normal… até com os babys no carrinho.

9- “Não anda de meia em casa, ela vai sujar”.

Uma das coisas mais normais é andar de meia em casa, aqui o costume é de tirar o sapato antes de entrar. Então né, entre ficar com o pé gelado e usar uma meia, vai a meia.

10- “Na mesa é lugar de comer, não de conversar”.

Aqui essa frase nunca vai para mim, mas eu sempre lembro de quantas e quantas vezes ia…

Então vó, espero que com isso tu não goste menos de mim! Quando eu voltar, juro que faço do teu jeito de novo!!

Para os que riram, esperem chegar aqui para rir mais um pouco. Se alguém tiver mais uma mania que virou ao contrário no exterior, escrevam nos comentários… vou adorar ler.

Beijos,

Bruna

Anúncios