Eu quero ser lembrada. Só isso. Ser aquela que sai de sua cabeça, mas volta a cada pouco para colocar um sorriso tosco no seu rosto. Quero que você viva a sua vida, mas sempre venha me dizer que comigo seria diferente.

Quero que venha expor meus defeitos, mas ainda assim me ache a pessoa mais especial que você já encontrou. Aquela que te dá um aperto no peito quando está afastada, que faz você rir só com o movimento das sobrancelhas.

Ser a mulher que faz você se sentir sortudo só por estar perto. Aquela que mesmo com os costumes mais idiotas, os medos mais fúteis, as lágrimas por filmes, os gritos por futebol, a cara séria por não estar vendo a mesma graça, vai fazer suas mãos tremerem e seus braços ansiarem pelo contato corpo-a-corpo.

Vir no seu pensamento como uma brisa todas as noites, quando se deitar e ver sua cama vazia. Fazer você arrepiar só por imaginar os sons que conseguiriam fazer juntos, mas ela não está aí no momento. Aquela que nem mesmo a mais feminina ou sensual, vai conseguir sua atenção até com aquele moletom velho e os olhos pequenos de sono.

Vai fazer você rir com aquelas piadinhas cheias de malícia, que no fim não são nem piadinhas. Aquela que vai te fazer lembrar de todos os momentos juntos até assistindo propaganda de pasta de dente.

Mesmo de longe, eu quero ser lembrada como aquela que está sempre perto. Aquela que permaneceu, mesmo a quilômetros de distância. Aquela que não está atrás, nem na frente, mas sim do lado te chamando de bobo e rindo da sua cara.

Anúncios