Transformações de Lisa

Em um post que eu fiz a um tempo atrás, comentei que estava assistindo uma “novela” alemã baseada na ‘Bela, a feia’.  Gostei bastante, mas meu problema com assistir séries nao me deixou continuar…

Dando uma olhada em curiosidades sobre as gravações, acabei deixando fotos que me deixaram pasma: as coisas que a atriz que interpreta a Lisa se submeteu para entrar melhor no contexto da personagem. Reparem na roupa que ela usou:

vibm2-horz

Tudo isso para no fim a feia ficar bonita, a mulher que ninguém notava virar a mulher de sucesso, a secretária conseguir conquistar seu patrão, etc etc.

vib2-horz

Agora a questão que não quer calar: a feia não poderia conquistar tudo isso também?

Vendo por esse lado eu tenho tanta vergonha desses programas de TV que vocês não tem noção. Que mundo é esse onde as feias são as incapazes, motivos de zoacão, renegadas, excluídas e com menos capacidade? Sei que existem formas de cada pessoa melhorar, existem roupas para cada tipo de corpo, maquiagem certa, corte de cabelo,  mas não concordo com o que tentam impor para cada mulher. Acho que todas tem que se sentir bem com seu corpo… independente de como ele é. Não posso fazer longos discursos sobre isso pois eu também me sinto descontente com minhas gordurinhas a mais, mas isso é o que sobrou de toda aquela tentativa de seguir o padrão.

Porque a inteligência da mulher só é vista se ela é bonita? O que essa novela tem de boa para treinar alemão, tem de péssimo exemplo para todas as que estiverem assistindo…

Palmas para a Alexandra Neldel, a atriz que conseguiu aguentar 1 temporada e depois “pulou da barca”. Gostei da atitude dela!

Anúncios

4 pensamentos

  1. Pena não ter a opção de aplaudir o post. Na verdade eu pensei a mesma coisa desde a primeira vez que vi Bet a feia, a original. Gosto da idéia de assistir a novela para melhorar o alemão, mas detesto esse contexto que você mesma citou. Merecemos um mundo em que as mulheres não se resumam a bonitas e burras ou feias e inteligentes. Um mundo que as mulheres não precisem se encaixar num perfil para ter um companheiro legal. Enfim, há muito o que dizer…

    Curtido por 1 pessoa

    1. Se é inteligente é feia, se é bonita é burra, se lê muito é sem graça, se não lê está tudo certo… São conceitos que temos que mudar desde a infância. Sempre quando eu vejo uma criança e estou em condições de ensinar algo, eu explico isso. Eu torço para que logo várias pessoas percebam isso, é de um em um que isso começa a dar certo.
      Obrigada pelo comentário Vanessa! Beijão e um ótimo ano para ti!!

      Curtir

    1. Quando a “feia” chega no maior posto todos se perguntam “O que será que ela fez para conseguir isso?”, mas nunca é questão de mérito, mas sim de trapaça ou algo sujo. Se a “bonita” é inteligente também, já a consideram perfeita e a correta pro cargo. Nesses quesitos temos que refletir mesmo…
      Obrigada pela visita, beijão!

      Curtido por 1 pessoa

Mostre-me o que pensas:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s