Essa semana recebi mais uma indicação no meio de várias que estão esperando para serem respondidas. Quando vi o nome pensei que fosse algo envolvido com moda ou cinema, coisas que eu não sou tão boa assim, mas quando fui ver o assunto foi quase amor a primeira vista. É uma TAG bem complexa, aborda vários pontos legais de mim e do blog.

As regras são as seguintes:

1- Escrever 11 fatos sobre você.

2- Responder as perguntas de quem te indicou.

3- Indicar 11 blogs com menos de 200 seguidores.

4- Fazer 11 perguntas para quem você indicar.

5- Colocar uma imagem que mostre o selo do Liebster Award.

6- Linkar de volta quem te indicou.

 

Os 11 fatos foram complicados de deixar de uma forma sucinta, até porque já fiz um post com os 50 fatos sobre mim. Esses fatos a seguir são os mais próximos a mim no momento:

1- Durmo tarde e sempre sofro na hora de acordar;

2- Não gosto de chocolate e nem nada muito doce;

3- Moro em uma cidade na Alemanha;

4- Estou quase encalhada de tão solteira;

5- Tenho vontade de fazer um daqueles “mochilões” pela Europa;

6- Eu procrastino demais;

7- Não consigo acender isqueiro;

8- Não tenho a capacidade de assistir séries sem enjoar;

9- Tenho amor por leitura e conhecimento;

10- Quando eu gosto de uma música, escuto várias vezes seguidas;

11- Já falei que adoro corujas? Acho lindas demais, são aves muito especiais pra mim!

 

A Lívia do Faz de Conta da Liv me deixou perguntas muito legais, só demorei para responder pelo caso das indicações. Gostei da formulação das perguntas, muito boas de responder.

1- Qual o nome do seu blog? Porque escolheu esse nome? 

O nome do blog é Divergências Vitais. Escolhi esse nome de repente, antes de dormir. Eu sabia que minha vida iria mudar muito e depois que eu estivesse encaminhada seria bom ter um lugar onde eu pudesse relembrar dos momentos de um jeito divertido. Diários escritos no papel ocupam muito espaço e eu não poderia ficar levando comigo, de cara a ideia do blog não me pareceu ruim. Mudança é sinônimo de Divergência, Vitais da vida. Acho que combinou com o que o blog representaria. Claro que eu já pensei em mudar o nome, mas não consigo imaginar um que defina melhor o que ele é.

2- A quanto tempo tem o blog? Porque o criaste?

Em algumas semanas ele faz aniversário, seu 1° ano. Criei para escrever o que eu tinha para contar, mostrar para quem quisesse ler o que eu acho bacana. Como cada um tem suas preferências, as minhas não eram comuns e eram poucos os que queriam me escutar. O blog foi (e ainda é) minha veia de escape…

3- Até onde você pretende chegar com o blog?

Não sei a que proporção quero levar ele, não quero criar muitas preocupações e expectativas. É super difícil fazer um blog se sobressair no meio de vários outros muito bons. É preciso muito esforço, concentração e tempo… e esse tempo eu nao tenho sempre.

4- Sobre o que fala o seu blog?

Sobre meus gostos, opiniões, dicas de livros, páginas, sites, vídeos… Tem de tudo um pouco, até textos dos meus colaboradores Lisandra e Luís.

5- Qual o seu objetivo de vida?

Ser feliz com minhas escolhas, sem arrependimentos ou com aquela sensação de que tudo poderia estar melhor.

6- Qual o seu maior medo?

Pode parecer idiota, mas tenho medo de parar no tempo. Viver anos trabalhando como uma máquina, vivendo uma rotina que não me agrada, fazendo só coisas normais… Tenho medo de acordar e ver que tenho 60 anos e que não aproveitei minha vida, só existi.

7- E o seu maior sonho?

Acho que é a mesma resposta que a pergunta n°5.

8- Qual foi a coisa mais louca que você já fez?

Embarcar nessa ideia de ser aupair na Alemanha em plenos 18 anos e viver com pessoas que eu não conhecia. Se eu tivesse continuado no Brasil eu poderia ter uma vida diferente, estar cursando uma faculdade, trabalhando em um emprego decente, tendo quem sabe um relacionamento. Não reclamo do destino que me fez entrar nessa, ao contrário do que muitos podem imaginar, sou muito feliz aqui e ainda mais com a ideia de que eu estou conseguindo me virar muito bem, obrigada.

9- Quais são os seus livros, filmes e séries preferidos?

Já li muitos livros que eu adorei, mas os de Tolkien (como Senhor dos Anéis e O Hobbit) me atraíram como nenhum outro. Isso vale para filmes também… Foi como se eu estivesse participado de tudo, os detalhes que Tolkien colocou nas suas histórias são incríveis! E esse Peter Jackson… não sei se o que eu sinto por ele é amor ou ódio. Já sobre séries, não consigo assistir por muito tempo que já enjoo. Gostei muito de Greys Anatomy, The Big Bang Theory e Shameless (que é a que eu estou tentando assistir no momento).

10- Quais seriam as suas férias de sonho?

Seriam aquelas dignas de livros… Teriam que ter cidades históricas, companhia boa, praias e cruzeiros… Algo que contenha vários países interessantes e não só os com pontos turísticos clichês.

11- Quem é a pessoa mais importante para você? Fala um pouquinho sobre ela.

Mais importante de todos é a minha mãe, minha companheira de tudo. Mesmo se eu não fosse filha dela nós seríamos amigas. Ela é meu porto seguro, a única pessoa que eu posso contar mesmo. É claro que as vezes a gente se estranha um pouco, mas a nossa relação é super boa. Não teria Juju sem Bru e nem Bru sem Juju.

 

Minhas perguntas:

1- O que te traz inspiração para fazer seus posts?

2- Qual é a coisa que você mais detesta ver em blogs?

3- Você mudaria o assunto do seu blog se seus seguidores dissessem que nao gostam de tudo do jeito que está?

4- O que te faz manter o blog?

5- Qual valor você considera mais importante nos dias de hoje?

6- Você tem um assunto pelo qual morre de amores porém nunca comentou no seu blog?

7- Tens fluência em algum outro idioma? Se sim, quais?

8- Qual o país que você tem mais vontade de conhecer?

9- Qual foi o livro e o filme que mais te fizeram refletir sobre quem você é?

10- “O amor significa pensar mais na felicidade da outra pessoa do que na própria”. Concordas com isto?

11- Como você se imagina daqui a 5 anos?

 

Gosto muito de perguntas interessantes, para mim foi uma honra responder esta TAG. Deixei minhas perguntas acima, porém foi uma tragédia achar alguém para indicar. Postei no Grupo Hello se alguém tinha interesse em responder, mas lá nao teve nada de conclusivo. Mesmo sendo muitas perguntas, acho que melhor que responder é saber que a relação entre escritor/leitor fica mais estreita. Além de tirar algumas dúvidas, acaba-se fazendo amizades. Se alguém ficar com vontade de responder as minhas perguntas, fique convidado a fazer o mesmo… Deixe nos comentários o seu link que com toda a certeza eu vou adorar ler.

Isso é tudo, pessoal!

Anúncios