Resenha: No Escuro, Elisabeth Haynes

Um dia, olhando minha estante física e comparando com minhas estantes no Skoob, notei que a maioria dos meus livros (e os livros que eu gosto de ler) seguem o mesmo gênero. Eu sou uma pessoa aberta ao novo, por isso fiquei refletindo a respeito do que eu mais admiro em livros e por que raios eu não lia livros diferentes. No Desafio Literário da Vera, vi um item que era ler um livro “De um autor que você nunca tenha ouvido antes”. Eu adorei e logo comecei a procurar um.

Fazendo uma busca bem aleatória na internet, encontrei um livro que o nome já me deixou curiosa. NUNCA tinha visto nenhuma crítica (positiva ou negativa) a respeito da autora ou dos livros dela. “No Escuro” de Elisabeth Haynes é um dos livros mais perturbadores que eu já li, fiquei dias com uma ideia maluca de perseguição. Quando comecei a ler já me sentia na história. Como não tinha lido nenhuma resenha a respeito, foi estranho quando percebi que se tratava de um thriller.

Fonte: Intrínseca

Catharine era uma mulher livre, fazia o que tinha vontade. Saía de bar em bar e beijava o homem que queria, sem se preocupar com o dia seguinte. Mas aquele sentimento de “ter o seu par” incomodava ela. No momento que ela conheceu o belo Lee, tudo mudou. Como o livro é todo um vai-e-vem (um capítulo mostrando o que acontecia anos antes, um capítulo na atualidade), chega um momento onde você se surpreende com o quão uma pessoa pode ser cruel e metódica.

Se tratando de relacionamentos, sempre achei que mulheres que continuavam levando adiante um relacionamento violento e abusivo só podiam ter algum problema psicológico. Pensava que em situações do tipo, em algum momento todas deveriam ter percebido que as coisas estavam indo errado e que estavam até sentindo medo do seu parceiro. Com o livro, minha opinião mudou até certo ponto. As vezes o que não deixa um relacionamento acabar é o medo. A pessoa se preocupa com o futuro, tem medo de ser perseguida, espancada, perder sua moral no emprego, vida social, sofrer outros tipos de abusos… Catherine tenta fugir. Em consequência, se encontrou no escuro. É perturbador, frio, cruel, mas ótimo!

Vera, que ideia brilhante o desafio! Adorei o seu projeto!

Bjbj, Bruna.

P.S.: O pdf para quem se interessar No Escuro – Elizabeth Haynes

P.S.2: Depois de ler o livro me senti na vontade de tomar o tal chá com leite. Sempre que vejo um pacotinho já penso em como deve ser. Piadinhas a parte, é verdade. E gostoso, tentem!

P.S.3: Caso queira adicionar na estante do Skoob, o link está aqui.

Anúncios

5 pensamentos

Mostre-me o que pensas:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s