Quando apareceram os filmes da Saga Crepúsculo, logo com eles também vieram as críticas. Toda história de amor era melhor, uma “fadinha” com uma garota estranha não formam um bom casal. OK, gostos são gostos e é deles que eu quero falar. Como amante de livros de amor, casais, drama, tragédia e tudo o que envolve o sentimento, quero escrever sobre os casais polêmicos e explicar onde eu vi amor neles. Com esse caso de que qualquer casal tem uma “História de amor melhor que Crepúsculo”, aí vamos nós.

Antes de irmos com outras histórias, Crepúsculo será a inicial.

Bella era uma garota que teve que conviver com a separação dos pais, viver com uma mãe que trocava de casa com muita frequência, um pai policial em uma cidade pequena, uma vida solitária. Até que com 18 anos ela resolve ir morar com o pai e tentar uma vida diferente.

Como ela era a “estranha”, nada mais natural do que ela ter um amor platônico por alguém que todos diziam inacessível, que também era considerado “estranho”. Edward, inteligente, soturno, com família grande, adotado, vampiro.

Os dois tinham tudo para não dar certo, mas lutaram muito para que o relacionamento vingasse. Óbvio que a vida que ele não tem como combinar com a dela, mas isso era só detalhe. Como Romeu e Julieta com seu romance suicida, ele resolve tirar a sua “vida” para que assim ela pudesse viver a dela de forma mais sadia e segura.

Ele foi embora e deixou ela sozinha abruptamente. Louco? Sim. Mas quem que nunca tentou proteger alguém que ama e por isto priva ela de sua presença? Segurança importa muito, ninguém gosta de perder alguém que ama sem poder fazer nada para proteger. Se essa era a única forma, foi a que ele tentou. Céus e terras foram movidos em nome do par.

Enquanto todos viam que Jacob era uma pessoa boa, carinhosa, preocupada, poderia estar ao lado dela dando todo o amor e carinho que ela merecia, não, ela não desistia dos seus sentimentos por Edward. Bobeira? Não, amor mesmo.

Depois de tanta batalha, o destino fez tudo funcionar. Eles tiveram o seu sossego, sua filha, sua casa, sua eternidade. Quem que em sã consciência consegue falar que um casamento lindo daqueles não é romântico? Ou uma formatura dançando em um jardim com aqueles telhadinhos com luzinhas de Natal? Ou uma lua-de-mel em uma ilha deserta?

Irreal? Claro, isto é uma história de ficção. Realidade é todo um caso a parte!

Por que esta história de amor tem que ser ruim? Histórias de amor são sempre histórias de amor, uma não precisa ser melhor que a outra… é só haver sentimento que cada momento é único.

Veremos juntos se existe história de amor melhor que esta.

Anúncios