Sabe quando você vê uma tag perdida na internê e logo sente vontade de participar? Exatamente isso aconteceu enquanto eu bisbilhotava o Blog Loucuras de Júlia e um tempo mais tarde o Carioca do Interior, ambas me fizeram ter vontade de expor o que eu mesma faria caso fosse “ryca” e “fyna”.

Vamos lá!

Apadrinharia um país africano para ajudar a dar uma vida melhor pra eles

Minha tia emprestada (irmã do meu padrasto) tem uma casa em Cabo Verde onde ela passa as férias dela juntamente com o marido. Eles vão para lá em busca de paz para a vida pessoal e para se recuperar do stress causado pelo emprego cheio de responsabilidades. A realidade que eles contam cada vez que voltam da África é assustadora. Quando escuto o sofrimento daquelas famílias, cada vez mais me cresce a vontade de ajudar de alguma forma. Se eu ficasse rica, ajudaria da forma que conseguisse…

Fundar uma editora e só lançar os livros mais inovadores (dar parcerias para vários blogs também)

Quem nunca???? Eu juntaria o que gosto de fazer + livros + chances para escritores com livros ótimos (que são rejeitados por editoras maiores) e teria como resultado uma empresa cheia de assuntos bacanas!

Compraria um Chateaux na França ou uma Villa na Itália (ou uma construção parecida com isso em outro lugar no mundo) para poder criar meus futuros filhos em um lugar grande

Que a dona Bruna aqui sonha em ser mãe… isso não é novidade alguma! Eu cresci tendo onde aproveitar minha infância e quero que meus futuros “monstrinhos” tenham onde fazer o mesmo também. Quero árvores, pátio, flores e infância longe de tecnologia desnecessária para influenciar eles de forma negativa.

Faria o que meu coração manda – e que momentaneamente minha carteira vazia não deixa

Acho que isso se explica por si só, né? Com dinheiro para pagar o transporte, não existiria mais saudade da família, dos amigos, das viagens confortáveis, dos mimos as pessoas queridas,  das gostosuras… seria mais fácil de lidar com tudo, acredito eu.

Investiria na minha educação

Aprenderia mais alguns idiomas com professores bons, estudaria uma área que me agrada e tentaria me lançar no mercado de trabalho como pessoa qualificada 🙂

dinheiro

No fim de tudo sempre tem também um porém: dinheiro nao compra felicidade! Querem saber mais? Um milionário também só tem 10 dedos para colocar anéis, nao importa quantos ele tenha.

Mas sonhar também não custa…

Desafio alguns dos meus novos seguidores (as) a responder também:

E aí, o que acharam das minhas vontades? As suas são parecidas? me conte…

Auf Wiedersehen!

Anúncios