Venta bastante lá fora,

Está frio aqui sem você.

Já sumiste tantas vezes e,

Volta e meia,

Aparece com uma desculpa.

Eu acabo aceitando,

Mas,

Amo por nós dois já faz algum tempo.

 

Amei aquele que me ligava todas as manhãs.

O rapaz que não tinha medo das consequências da nossa relação.

O cara que morria de amores e não hesitava em dizer o que sentia por mim.

Sim, o menino que tinha medo de me perder.

Meus sentimentos por ti não acabaram,

E nem pretendem,

Mas,

Hoje já não me sinto tão importante,

Parece que não faz diferença a minha ausência na tua vida.

Não posso te cobrar muito,

Afinal,

Te magoei muito.

Mas me arrependi,

Não sei se tarde demais,

Não sei se acabei com teus sentimentos por mim,

Com teu encanto,

Com o brilho nos teus olhos.

Eu realmente espero que não,

Sabes que é meu sonho te ter ao lado

Por muitos e muitos dias até “nãoseioquê”.

Apesar disso,

Eu sei viver sozinha se essa não for a tua vontade,

Se deixou de ser recíproco.

Não precisa sentir-se pressionado,

Eu não quero que se sinta assim.

Seja sempre sincero comigo, te peço.

Jurou nunca mentir a mim,

Mas e quando eu descubro coisas sem procurar e,

Mesmo depois das provas,

Você me nega?

O que esperas?

Que eu ainda acredite em ti,

Mas com provas dizendo o contrário?

Saiba que uma mentira põe em questão todas as outras verdades.

 

É doloroso demais te amar.

O destino não nos uniu e se eu quiser te ter ao meu lado

Terei que fazer um esforço.

O universo conspira contra nós,

Mas sozinha eu não consigo.

Eu preciso que você ajude.

Já fizeste demais,

Mas,

Lembra do nosso amor puro de Dezembro,

Dos olhares e mãos dadas sem dor nem culpa.

Só te peço,

Lembra de tudo isso e não desiste de mim,

Porque eu ainda gosto de ti e eu quero muito tudo isso,

Contigo.

Anúncios