A produtividade da população varia de acordo com cada pessoa. Umas “funcionam” melhor durante a noite, outras, durante o dia. Para chegarmos bem na questão da produtividade, vou falar primeiro sobre o ócio criativo.

O ócio criativo é o que ocorre com a mente humana da seguinte forma:

  1. O “problema” surge;
  2. Coleta-se a maior quantidade de informações necessárias para a solução desse problema;
  3. Na hora que a mente entrar em descanso, o inconsciente trabalha no processo dessas informações;
  4. Volta-se para o modo consciente, aonde acontece o processo de separação, quando você vê o que é possível e o que não para solucionar um problema.

É basicamente dessa forma, mas varia de pensador pra pensador. A quem interessar se aprofundar melhor no assunto, indico o livro “O Ócio Criativo”, de Domenico de Masi.

Enfim, o grande ponto está no passo 3 desta lista acima. A hora que a mente consciente entra em descanso varia de pessoa pra pessoa. Comigo, é ouvindo música ou indo dormir. Na verdade é indo dormir para a maioria das pessoas. Outras formas são tomando banho, fazendo exercícios, meditando. É nessas horas que a gente “desliga” o consciente e deixa o inconsciente trabalhar, como se houvesse alguém pronto pra resolver as questões da vida só esperando a oportunidade de ser ativada, mas ela só consegue quando se desativa outra parte do cérebro.

Agora, podemos falar sobre produtividade. Para os publicitários, grande parte dos que trabalham com criação funcionam melhor durante a noite (é por isso que vivem bebendo café), que é quando surge “aquela ideia de fundo para um folder”, na hora que o publi deixou seu inconsciente trabalhar. Basicamente, é isso, e eu sou a prova viva. Meu problema é que eu não gosto de café, aí tomo chá e fico com sono. Ainda assim, tenho uma grande oportunidade de me dar bem no trabalho, porque lá eles deixam escutar música nos fones  ❤ Aí eu produzo bem. Mas tem gente que consegue ter as ideias durante a noite, ao dormir, e só conseguir realizar o passo 4 da lista acima no dia seguinte, porque acaba ficando muito cansada, aí varia de acordo com a rotina de cada um.

E vocês, quando deixam o inconsciente trabalhar? Me contem nos comentários!

Beijos de luz,

Lis 😉

bedabanner

Anúncios