Meu primeiro buquê de flores

A primeira vez significa muito para uma mulher: o primeiro amor, o primeiro beijo, a primeira relação sexual, o primeiro filho, o primeiro emprego, o primeiro voto, primeira vez que conseguiu cozinhar algo sem estragar, a primeira volta dirigindo um carro… algumas “primeiras vezes” podem até não ter um valor em dinheiro muito alto, mas no coração sim.

Conforme os anos foram passando, vi que na minha vida pessoal e profissional eu tive muitas “primeiras vezes” e cada uma me significou muita coisa. Quando eu saí do Brasil, cada nova descoberta era uma comemoração e eu me divertia muito com a ideia de estar orgulhosa de mim mesma. Vi que eu sou dessas que fica feliz com recados, postais, sms e até aquele simples “lembrei de ti”.

Quando eu terminei meu ano de Au-Pair, me surpreendi muito com certas pessoas e até cheguei a escrever sobre isso aqui no blog. Agora passou mais um ano e chegou a vez de me despedir do pessoal do asilo no qual eu trabalhava. Esse meu tipo de emprego que era o Bundesfreiwilligendienst (BFD – bê éf dê), era um ano social. Eu entrei sabendo que teria só um ano para aprender, ajudar e conviver com várias pessoas especiais. Vi pessoas novas chegando, tive que me despedir dos que iam, tive que até segurar o choro por alguns… mas isso é normal. Nos últimos meses a ficha não caía direito que eu teria que ir, mas quem que fica esperando despedidas? Ninguém, não é?

Quando eu fui para meu último dia oficial de emprego, fui com bastante dor de dente e com uma cara um pouco inchada por causa da cirurgia. Do mesmo jeito acabei conversando com aqueles que eu tanto me apeguei e me despedindo mais uma vez. Minha superior, chefe do meu setor (aquela que me ensinou inúmeras coisas durante esse ano todo), conversou com quase todos os meus colegas no período que eu estava de recuperação: tanto aqueles que trabalhavam diretamente comigo, como aqueles que eu ajudava quando tinha (e também quando não tinha) tempo. Juntamente, todos me deram um buquê de flores com um cartão.

A primeira vez que eu recebi um, foi na minha festa de 15, que fazia parte da tradição. Outra vez, também ganhei um buquê pequeno pela participação em um concurso (que eu nem ganhei), mas por mera formalidade. Dessa vez, me significou bem mais!

dscn0021 dscn0011 dscn0022 dscn0024

O mais interessante é que eles pensaram em me dar um presente, mas como eu nunca dizia o que queria, acabaram me dando em dinheiro. Por mera criatividade, dobraram as cédulas de dinheiro e formaram flores e prenderam todas com um fio fino de arame.

Guardei meu buquê no porão gelado da casa, ele secou e ainda continua cheiroso. Vou deixar ele de lembrança no meu quarto também!

Mais um ano se passou, mais várias lembranças para eu guardar no coração…

Como foi o último ano de vocês? É impressão minha ou de novo passou mais do que voando? Já ganharam um buquê? Me contem, vou adorar ler os comentários!!

Auf Wiedersehen!

Anúncios

17 pensamentos

  1. Hello, Bru!
    Suas fotos estão cada dia mais lindas ❤ Sem falar nos textos que trazem reflexões maravilhosas, né? Continue escrevendo com esse seu jeitinho que eu tenho certeza que você vai longeee… beiijos, Fiama

    blog: fiamavsa.wordpress.com
    snap: fiama-vsa
    ig: fiamasva

    Curtido por 1 pessoa

  2. Que legal, que bonito…
    Buquê lindo também e fotos idem.
    Adorei da história, do gesto deles, dos seus colegas, muito legal de verdade e uma chefe assim? aaa cabe mais um ai? quero uma chefe assim também eheheheheee
    Nunca ganhei um buquê sabe, nunca mesmo, nem rosas nada…no dia das mulheres via todo mundo ganhar rosas dai perguntava onde e falavam, no metrô, eu ia e não tinha mais ninguém lá hahahaa ai gente, meu sonho era de no dia do meu aniversario pessoas do meu face se reunissem e mandassem um buquê de flores pra mim com um lindo cartão…só isso mas né, não sou popular, ao contrário, falo verdades demais rsss
    Amei o post e a história viu
    Bjs

    Curtido por 1 pessoa

  3. As primeiras vezes são realmente importantes pra nós. Representam algo especial que aconteceu nas nossas vidas, marcam momentos. Sempre achei lindo teu emprego cuidando de idosos, e eles com certeza vão sentir tua falta, e vice versa.
    Quanto ao buquê, foi um gesto muito lindo e carinhoso da parte deles, mais lindo ainda por ter sido confeccionado por eles próprios…
    Quais seus planos pra essa nova fase, Bru?
    Xero grande!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Para falar a verdade, já estou sentindo a falta deles agora… mas não tenho mais tempo de ir lá. A rotina tem estado a mil!
      A nova fase já começou Mari, estou indo novamente na escola em um curso que no Brasil seria entre Magistério e Pedagogia… o que significa que depois de formada serei professora 😀 Esse tal curso dura 4 anos e apesar de ser dificílimo por ser em outro idioma, também é muito legal pois conheci bastante gente da minha idade e agora tenho com quem conversar.
      Está no começo, mas pelo que parece vai ser um ano e tanto!
      Beijossss

      Curtido por 1 pessoa

  4. Nossa, que delicadeza na confecção desse buquê, ficou lindo! Eu, infelizmente, não tive boas “primeiras vezes” das coisas, então, digamos que eu tenha uma certa “raiva” da sociedade por esteriotipar isso como se fosse algo especial demais. Talvez, se não fosse por essa importância toda que dão a isso, eu não teria essas grandes frustrações. Contudo, fico feliz de ver os outros felizes com suas primeiras vezes, porque sei como dói quando não é como a gente espera que seja de algo em que a gente põe tanta fé, tanta expectativa. Pelo menos as segundas, terceiras vezes dessas coisas, que deram “errado” nas primeiras, foram muito boas!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Por isso que eu gosto de primeiras vezes diversas, não só aquelas impostas e que todos esperam que tenhamos felicidade e satisfação. Me emocionei com a criatividade também (nem pelo dinheiro que esteve em cima), eu não esperava que minha chefe pensaria nisso… Até hoje ele ainda está bonito, apesar de ter secado um pouco. Espero poder guardar ele por bastante tempo ainda!
      Beijos Lis!

      Curtido por 1 pessoa

  5. Que lindo, Bruna!! ❤ Ainda sonho em ganhar um buquê de flores… Espero que isso não demore a se realizar… De fato temos muitos primeiros marcantes na vida… E, particularmente, acredito que todo amor se dá à primeira vista: afinal, sempre há uma primeira vez em que olhamos para uma certa pessoa e descobrimos sentir algo distinto, especial e arrebatador ela – ainda que a conheçamos de toda uma vida, será aquele primeiro olhar diferente que nos fará perceber novos sentimentos.
    Beijos e excelente semana!!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Eu sou uma pessoa que adora presentear outras com flores, mas nunca esperei receber algumas na minha despedida. Me significou muito carinho, até nem consegui definir o que senti com palavras naquele momento… É uma delícia!
      Gostaria de poder sentir o mesmo quando olho uma pessoa assim, até o momento ainda não consegui. Mas tudo tem a sua “primeira vez”, não é? Talvez a minha chegue logo também 😀
      Beijão!

      Curtido por 1 pessoa

  6. Que amor!
    A vida nos dá oportunidade de tantas primeiras vezes, né? Acho até que é pra gente ter uma perfeita para se lembrar. Porque, vamos pensar, você ganhou dois buquês antes desse, mas esse foi o “primeiro” a ter tamanho significado. É nisso que eu enxergo as várias primeiras vezes que a vida nos permite 🙂 Que venham outras!

    Curtido por 1 pessoa

    1. Esse exemplo citado é um desses presentes diários que deveríamos dar mais atenção. Muito bem lembrado, Mariel! Obrigada pelo elogio quanto as fotos, no momento que eu tirei só conseguia sentir, não pensar hahaha
      Abraços!

      Curtir

Mostre-me o que pensas:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s