Good Girls Revolt

Quem me conhece a mais tempo, já sabe que 2016 foi o ano que eu aprendi a gostar de séries. Vi umas que gostei, segui indicações de terceiros e até encontrei umas pelas quais eu peguei gosto. Como a Lisandra, a colaboradora aqui do blog, eu também dou bastante azar de assistir uma série, gostar e ver que não tem mais continuação. É sobre uma série assim que eu resolvi escrever.

Good Girls Revolt é uma série lançada pela Amazon americana e que é baseada no livro The Good Girls Revolt da jornalista americana Lynn Povich. O primeiro episódio (episódio piloto) foi lançado em 4.11.15 e obteve uma crítica muito boa. A série trata de mulheres exigindo a igualdade de direitos em um jornal tradicional/famoso de Nova York em 1969. Lá, todas as mulheres podiam exercer o papel de revisoras e assistentes, porém nenhuma podia escrever e assinar os artigos publicados. Todas trabalhavam tanto (ou mais) do que homens, mas não tinham o devido mérito. Na série, elas acabam conhecendo uma advogada que esclarece as leis e de episódio em episódio a luta continua.

anna20camp20good20girls20revolt20amazon203

Apesar de vários erros nas gravações a respeito de fatos com ordem cronológica errada, a série tem uma forma interessante de nos mostrar como era a realidade das mulheres que queriam viver de sua escrita e de como essas mulheres eram usadas para que homens conseguissem conquistar seus objetivos. Também mostra sobre a descoberta do próprio corpo, sentimentos, batalhas pessoais e o esforço em realizar os próprios sonhos.

De acordo com a criadora da série (Dana Calvo), os episódios tiveram uma crítica muito boa e 80% dos que assistiram o episódio piloto, assistiram até o final. Mas claro, esses números não foram suficientes para que o dono da Amazon continuasse com a série. No fundo, para ele a série nunca teria como vencer premiações ou teria potencial para concorrer com outras. Como pela Amazon a série não terá 2ª temporada, a produtora Sony Pictures (responsável pela série) está oferecendo o programa para outros canais e serviços disponíveis. Caso alguém se interesse, eles vão continuar com a trama.

1024x1024

Indico essa série para todos os que gostam do assunto e gostam de ver séries passadas em outra época. Os figurinos são um charme e a música agrada muitos gostos também.

Parece outra realidade o que vemos lá, mas se formos repensar, 50 anos se passaram e nem tudo o que tinha que ser mudado, mudou ainda.

Acho que era isso! Quem assistir (ou já assistiu) me dê retorno. Caso alguém saiba de uma série com esse tema, avise também! Vou adorar debater esse assunto com vocês!

Beijos e abraços diretamente da terra da cerveja 😀

Anúncios

5 pensamentos

  1. 2016 também foi o ano que eu mais aprendi gostar também. Eu sempre abandonava e isso era uma coisa bem chata que queria mudar em mim.

    Eu não conhecia “Good girls revolt” e parece ser uma série bem bacana!

    Beijo

    Curtir

  2. A temática parece incrível, Bru, mas acredita que não gosto muito de séries em tempos diferentes dos nossos? (Tentei ‘Downtown Abbey’, mas fracassei exatamente por isso :()
    O que você vai ver/tá vendo agora?!

    beijos!

    Curtir

  3. Haha eu que sei de séries canceladas! Flash Forward, Under the Dome, The Returned (que eu amava)… Enfim, uma com outro tema, mais focada na propaganda, agências e seu funcionamento é a Mad Men, que eu tenho pavor de ver com aquele machismo todo retratado de antigamente. Já vi uns dois ou três capítulos, e a secretária é bem desrespeitada, fazem piadinhas com ela, etc.

    Curtir

Mostre-me o que pensas:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s