Blautopf, um curioso lago azul

Este lugar que pretendo comentar hoje está em um lugar profundo do meu coração. Já fui lá em inúmeras oportunidades, mas a cada nova vez eu me surpreendo mais. Duas vezes que fui lá nevou, duas vezes estava nublado e na vez que deu sol, minha câmera não quis funcionar como deveria. O local em questão se chama Blautopf (=Blau: azul e topf: panela/pote), um lago na cidade de Blaubeuren, perto de Ulm.

Exatamente lá fica a nascente do Blau, rio que deságua no Donau/Danúbio em Ulm. De acordo com o santo Google, a cor do lago é azul assim por causa de uma substância presente na água. Interessante, não é?

blautopf1
Fonte: Pixabay

Chegando lá, normalmente os turistas pecam por antecipação: de cara o lago parece pequeno e verde, nada de azul! Mas claro, tudo é questão de ângulo e ponto de vista, pois do outro lado a cor já parece diferente.

blautopf2

Aqui tem uns registros meus lá…  O azul parece mais intenso com a presença do sol, mas quando este some, a água parece esverdeada. Lindo do mesmo jeito!

IMG_20151122_132209

IMG_20151122_132226

P1070029

Lau

A lenda sobre essa mulher foi escrita por Eduard Mörike, como diz a placa. De acordo com a lenda dele, em Blaubeuren, logo atrás do antigo mosteiro, existia o Blautopf. Por ele saía um riacho que caía para o Danúbio e seu interior era como um funil. Sua cor era de um azul profundo, difícil de descrever com palavras. Até aí tudo bate com a história certa, mas… Em um canto do riacho estava uma sereia com cabelo frouxo e longo. Seu corpo era como o de uma bela mulher… Linda, porém tinha escamas entre os dedos das mãos e dos pés e uma joia em formato de folha. Seu rosto parecia esbranquiçado, cabelo preto, olhos  azuis. As pessoas à chamavam de Lau do Blautopf, provavelmente a mais bela “Lau”.

Ela foi banida do rio Danúbio (sua casa) por seu marido. Ele brigava com ela pois ela nunca conseguia ter filhos, eles sempre nasciam mortos. O castigo dela era o seguinte: ela só poderia voltar para casa para ter filhos se ela sorrisse de coração 5 vezes. Para um ser triste como ela, isso era super difícil conseguir sozinha.

Um dia, uma mulher que tinha um restaurante perto do Blautopf a encontrou perto do moinho e pediu qual era a causa de sua tristeza. Ela logo contou do que aconteceu com seus filhos e sua vida. Como a mulher era extremamente gentil, a sereia Lau ajudou o restaurante da mulher a se tornar mais atrativo para os clientes (fez com que flores aparecessem no local). A mulher e sua família ficaram tão felizes com isso que resolveram retribuir. Fizeram com que a sereia voltasse a sorrir e com isso tivesse muitos filhos.

O mais interessante de tudo isso, é que não conseguem medir a profundidade do Blautopf com toda a certeza. Sempre que colocam uma fita métrica dentro da água, ela volta cortada. Supostamente é obra da bela Lau…

A lenda/história completa em alemão está no link.

Para quem tiver curiosidade de visitar o local, dá para ir tanto de trem como de carro.

De trem: em Ulm (cerca de 15km de distância) tem trem de hora em hora. A estação que você precisa desembarcar é Blaubeuren.

Blaubeuren

De acordo com o mapinha, o caminho parece super longo e demorado, mas na realidade, caminhando em uma velocidade normal, você chega lá em no máximo 15min. Não vi nenhum ônibus que leve esse percurso, então não tenho como dar mais informações.

De carro: Para os que querem ir de carro, o endereço de um estacionamento gratuito e próximo do lago é Dodelweg 16, 89143 Blaubeuren. Só colocar no GPS e boa viagem!

O que acharam? Gostaram dessas curiosidades?

 Ciao ciao!

Edit: Esta postagem foi originalmente postada em 2014, porém foi reformulada e  “repostada” em 2017.

Anúncios

8 pensamentos

    1. O melhor é que é do ladinho de Ulm e o Blautopf é pertinho do Bahnhof. Para quem consegue se virar de trem, esse é um dos lugares que eu indico para curtir os últimos dias de sol que não são tao frios assim! Se você vier, me avise como foi…
      Beijo!

      Curtido por 1 pessoa

    1. Vera!
      O lugar é super bem cuidado, sem pichação, sem lixo em todos os cantos, plantas bem podadas, sem chaveiros de amor eterno… simplesmente não tem nada de errado lá, só a paisagem que é um colírio para os olhos.
      Fico imaginando se o Blautopf estivesse no Brasil, que caos que seria…
      Se vier para a Alemanha, não se acanhe… me chama que eu te apresento o lugar!
      Beijo

      Curtido por 1 pessoa

      1. Ah Bru, mas isso com certeza!
        Aqui o pessoal gosta de reclamar de tudo, mas não faz nada diferente..
        Ontem caiu o mundo em chuva aqui em SP e tudo alagado. O povo reclama mas joga lixo no chão.. aquela coisa..
        Estou louca de vontade de conhecer a Alemanha!
        Beijos

        Curtido por 1 pessoa

Mostre-me o que pensas:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s