Dia de acender as 4 velas, o Diver está de aniversário!

16 de fevereiro, quem diria… 4 anos se passaram desde que este blog veio para esse cantinho. Um blog que começou no Blogger, mas veio para o WordPress e se viu em casa. Quantas mudanças… quantas vezes que o Diver fez valer seu nome!

No post de Origem eu já havia comentado de tudo o que o blog seria e o que eu queria dele, mas hoje o meu carinho por esse endereço e seus posts já tomou um lugar imenso em mim. Eu, Bruna, me sinto como se  fosse a mãe de um menino. Um menino que está cheio de vida e que só quer desbravar essa blogosfera toda.

No último ano, muita coisa ficou crítica. O menino estava rebelde e a mãe aqui perdeu a paciência. O que fizemos? Resolvemos a crise! Pegamos o problema e de tanto lutar, o problema foi embora. Eu estava com bloqueio criativo, estressada com o caminho que minha vida estava tomando, cansada de escrever… e vi que o problema não estava em mim, mas no meu “filho”. Eu colocando a culpa no meu filho? Talvez. Mas o que me incomodava era que eu estava cansada de ver a aparência batida dele. Cansava de tentar escrever e tudo não estar certo como eu queria.

Mamãe aqui é um pouco teimosa. Perfeccionista também. Diver então entrou de castigo. Foram meses e meses onde eu não postava nada. As vezes vinham promessas que eu iria continuar, mas nunca coloquei elas em prática.

Coloquei um novo tema. Troquei o layout. Defini o cactus como meu símbolo. Separei melhor minhas categorias. Fiz um padrão para como eu editaria cada post. Excluí posts incompletos. Excluí posts insignificantes. Corrigi os erros que deixei passar quando postei vááááários posts. Reli mais de 150 textos escritos. Deletei mais de 90. E sabe o que aconteceu? Comecei a gostar do que via. FINALMENTE o El Diver ganhou sua cara. Finalmente eu vi que ele é melhor que Divergências Vitais 😀

Outra coisa: retirei do blog alguns posts com teor negativo e de reclamação. Como eu quero ter ar fresco se o que eu guardo aqui é uma nuvem carregada e cheia de poluição? Não dá, né? Em lugar com ar catinguento não nasce flor cheirosa.

Um detalhe que pode ter passado batido para alguns, mas que para mim teve muito significado: eu me dei um pseudônimo (nome artístico)… Quero por meio disso que a Bruna que escreve e abre o seu coração se separe um pouco da Bruna Bruna, aquela que se sente com a privacidade em falta. Vi que tinham várias fotos minhas no Google quando eu pesquisava meu nome e isso me deu medo até certo ponto. Eu sei que esse é o preço que se paga quando se tem um blog e coloca a cara na internet, mas enquanto eu ainda posso escolher com qual força isso age sobre mim, vou tentar batalhar contra. Fora que Bruna Aliatti soa bem mais forte, não é?

4 anos também me levaram a entender algumas coisas:

  • Desafios de leitura não funcionam para quem ama ler despretensiosamente e espontaneamente. Ler um livro por mês, fazer post, trabalhar, ter lazer e tudo mais tira muito tempo e se você não se foca, passam-se os anos e você não leu e nem fez post nenhum. Eu fracassei 3 vezes até entender… foram 3 anos que eu li pouco e reclamei muito que não tinha tempo pra nada. Vai entender!
  • Projetos só funcionam e geram frutos se você tentar e continuar cuidando. Eu tive tantos projetos na minha jornada… de tudo um pouco. Um vingou? Não. Sabem o motivo? Eu queria trabalhar em tantos projetos que nunca ia com afinco em cima de um só. Quer começar com algo novo? Defina prioridades. Dê pausa em um projeto, continue no outro… e se algum não vingar, saiba se despedir dele e partir para a próxima. O tempo não para.
  • Seja a melhor versão de si mesmx! Acredite no teu potencial… tudo vai dar certo se você quiser!
  • Vão ter posts que ninguém vai ler. Vão ter posts que não vão ter curtidas. Vai chegar um dia que você olhará as estatísticas e NINGUÉM veio visitar seu blog… por dias. Até você se esqueceu disso! Mas…….. isso é normal. Acontece. Bola pra frente. Dê apoio para que isso não aconteça com seus amigos. Dê força para que eles continuem escrevendo. Na blogosfera sempre tem espaço para mais um. Sabe aquele ou aquela blogueira old school? Dê um elogio para essa pessoa e diga que ela continua tendo lugar aqui, mesmo a blogosfera tendo evoluído e mudado pacas. Respeite que tudo tem seu tempo para amadurecer e ficar gostoso o suficiente… enquanto isso não acontece, aproveita o sossego 😉

giphy

E feliz 4 anos pro bloguinho ❤

Anúncios

Mostre-me o que pensas:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s