Curiosidades sobre o tradicional Chá das Cinco

Indo para Londres em 2016, me veio aos ouvidos a tradição do Chá das Cinco. Era normal ver as pessoas em cafés ou em lojinhas de chá com uma xícara em mãos naquele horário, coisa que me deixou muito surpresa. Eu sabia que na Inglaterra havia a tradição do chá, mas não sabia seu significado.

Há uns dias, falei com um rapaz que havia feito um intercâmbio em Brighton e pedi se ele sabia algo a respeito. Ele disse que a tradição veio por causa da duquesa de Bedford, que na década de 1940 fazia um pequeno lanche entre as refeições no período da tarde, com o chá como acompanhamento. Como ela era uma pessoa influente na época, ela começou a fazer dessa “pausa” um pequeno evento diário e convidava amigas para tomar chá pontualmente as 17:00 horas. Essa influência acabou virando moda e até hoje é mantida como tradição.

Resumindo: esta tradição apareceu por causa da fome de uma duquesa entre as refeições e sua necessidade em colocar pompa em situações do cotidiano.

Cerca de 40 anos depois do começo do “tea break”, este momento foi se transformando e pessoas começaram a se vestir de forma formal e usavam suas melhores porcelanas para o mesmo. Mulheres vestiam vestidos longos, luvas e chapéus, homens paletó, chapéu e colete.

Nos dias de hoje, a pontualidade e a formalidade do chá não são mais a mesma, mas mesmo assim, muitos ainda tomam um durante a tarde acompanhado de algo doce.

Chá das Cinco2

Já que falamos de uma bebida, aí vai uma dose de curiosidades:

  • A Rainha Vitória (já falecida) era adepta do chá das cinco e tomava-o junto com suas damas de companhia.
  • Como existem sommeliers de vinho, os ingleses também inventaram a profissão sommelier de chá, que é um sabe-tudo a respeito da bebida.
  • Os ingleses amam chá preto com leite. Sim, com leite. No começo pode soar estranho, mas o gosto é realmente bom.
  • O amor dos britânicos por chá começou em 1662 quando a princesa portuguesa Catarina de Bragança (que se casou com um rei inglês) ganhou de presente de casamento um cofre cheio de chá chinês.
  • Fazer muita quantidade de chá e tomar ele no dia seguinte não é uma boa ideia. Por causa da fermentação, pode ser que no dia seguinte o gosto do mesmo pode já estar comprometido. O bom é fazer o chá e consumir ele no mesmo dia.
  • Fazer chá com uma água que já foi cozida anteriormente pode levar o chá a ter um gosto bem monótono. Quando menos oxigênio a água tiver, mais “mais ou menos” será o gosto.
  • Uma xícara pre-aquecida consegue reter o calor por mais tempo, por isso, antes de despejar o chá dentro da xícara, já coloque antes um pouco de água fervente dentro. Na hora de servir, é só despejar a água e servir o chá normalmente.
  • Os chás feitos em peças de ferro ou alumínio podem ter o gosto comprometido. O ideal é fazer em vasilhames de vidro, barro ou louça.
  • Chás verdes e brancos precisam de menos temperatura para o cozimento do que chá preto, isso é regra. Se o chá preto, chá de frutas, Rooibos ou chá de ervas precisam de uma temperatura de 90-95ºC, o chá verde e o chá branco precisam de 70-80ºC. Se você não tem termômetro, ok. Quando a água ferver e você deixar ela descansar, no momento que ela não borbulhar mais é porque ela atingiu 90-95º. Para ter de 70-80ºC, é só fazer o mesmo processo do que antes, mas deixar a água esfriar por cerca de 3 minutos.
  • O chá favorito da Rainha Elisabeth II é da marca Twinings, sabor Darjeeling ou Earl Grey.

 

Gostaram das curiosidades? Você também é adepto ao chá? Deixe seu comentário!

Anúncios

2 pensamentos

Mostre-me o que pensas:

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s