Na minha infância, apesar de sempre ter vários lápis de cor em uma caixa, sempre quis ter uma caixinha de 48 cores da Faber-Castell. Como minha mãe trabalhava em uma escola, no final dos anos letivos ela podia trazer alguns lápis velhos para mim, mas eram sempre os mesmos tons, mesmas nuances, mesmos resultados. Continuar lendo “Sonho de infância + livro de colorir do Harry Potter”

Anúncios